skip to Main Content

As lesões do câncer de pele podem ser retiradas através de procedimentos cirúrgicos capazes de preservar a saúde e a pele do paciente. A escolha da técnica a ser usada dependerá das características de cada caso, como localização, tamanho e tipo de câncer.

Excisão simples: realizada com anestesia local, essa técnica é indicada em casos de tumores não melanoma. Normalmente, sua consequência é apenas uma pequena cicatriz.

Curetagem e eletrodissecação: realizadas em conjunto, essas duas técnicas são utilizadas tanto no tratamento do câncer de pele espinocelular quanto no basocelular. Esse procedimento remove o tumor por raspagem com um instrumento chamado cureta. A segunda parte consiste em usar um eletrodo para destruir todas as células cancerosas da região.

Reconstrução: quando o tumor é muito grande, pode ser necessário realizar um enxerto com retalho de pele para recuperar a aparência estética do paciente.

Back To Top