skip to Main Content

Radiofrequência é um tratamento estético bastante utilizado para melhorar a firmeza e a aparência da pele do rosto e do corpo. Trata-se de um método seguro e eficaz para:

  • Diminuir rugas;
  • Aumento da produção de colágeno e elastina;
  • Melhora da microcirculação;
  • Pele mais hidratada;
  • Aumento da oxigenação;
  • Acelera a eliminação de toxinas;
  • Redução de celulite;
  • Combate a estrias e fibroses;
  • Melhora da aparência de cicatrizes;
  • Combate à gordura localizada;
  • Redução da flacidez em várias partes do corpo.

Como a radiofrequência é feita?

Primeiramente, o procedimento deve ser feito por um profissional especializado. É aplicado um gel específico na área que será tratada e, em seguida, o aparelho é deslizado em movimentos circulares. Ele age elevando a temperatura da pele e do músculo, o que promove a contração do colágeno e favorece a produção de mais fibras, proporcionando mais sustentação e firmeza à pele.

A quantidade de sessões varia de acordo com os objetivos do paciente, mas os resultados costumam começar a ser observados logo após a primeira.

Radiofrequência microfocada

Esta é uma plataforma avançada de radiofrequência não invasiva que é capaz de tratar, ao mesmo tempo, flacidez e gordura localizada. Seu comprimento de onda atinge as camadas mais profundas da pele, acelerando a atividade metabólica dos adipócitos de forma que sejam eliminados.

Além disso, reforça a rede de colágeno dérmico, melhorando a flacidez e a textura geral da pele.

Contraindicação

Embora seja um procedimento seguro e com baixos riscos, a radiofrequência não deve ser realizada em pessoas que não estão com a pele íntegra, possuam sinais ou sintomas de infecção, que tenham inflamação na área a ser tratada, grávidas, com hipertensão ou alterações relacionadas ao aumento da produção de colágeno.

Back To Top